A professora aposentada e ex-diretora escolar Benedicta Duarte Menegussi recebeu da Câmara de São Mateus o Voto de Congratulação pelos relevantes serviços prestados à Educação do Município, proposto pelo vereador Robertinho de Assis por meio da Moção nº 054/2021, aberta à assinatura dos onze parlamentares. 

Acompanhada de parentes, Dona Benedicta recebeu homenagem dos vereadores no plenário da Casa, na sessão ordinária da última terça-feira (08), após a proposição ser aprovada por unanimidade. 

Márcia Pianca Duarte, filha da professora homenageada, discursou em nome de sua mãe (que este mês completa 79 anos).  

Ela narrou a história de Dona Benedicta, exaltando principalmente seu amor ao magistério e o espírito de liderança. “Liderar é a arte de influenciar pessoas. Essa foi a experiência e o grande legado deixado, especialmente em sua caminhada profissional.
Suas grandes qualidades tanto no trabalho quanto em sua vida familiar e social: Doação, Coragem, Honestidade, Paixão e Exemplo”. 

No final, parabenizou o Legislativo pelo reconhecimento: “A iniciativa da Câmara de Vereadores vem prestigiar uma grande educadora do município”, concluiu. 

Palavra dos vereadores 

“Estamos emocionados por ver essa lição de vida. A senhora contribuiu e contribuirá com certeza com a educação de São Mateus”, destacou Robertinho. 

“A senhora é um exemplo de vida, um exemplo de pessoa que passou pela educação e que deixou um legado’, disse o presidente Paulo Fundão. 

“Ela foi minha professora em 1978, lá na Ponte. Ela é uma guerreira, nos ensinou muito”,  recordou Gilton Gomes. 

“Quero parabenizar a minha eterna professora. Merece toda a homenagem desse mundo”, disse  Carlinho Simião. 

“É uma história tão linda. Eu fiquei emocionado. Tem uma palavra que eu posso dizer: a senhora é uma grande guerreira”, afirmou Cristiano Balanga, líder do governo. 

“A senhora não foi uma chefe, a senhora foi uma líder. Aquela que caminha junto. Parabéns pelo brilhante trabalho”, ressaltou a vereadora Ciety. 

“Falaram de Dona Benedicta, meus olhos se encheram de lágrima, porque foi uma pessoa fantástica em minha vida. Se estou aqui hoje você faz parte desse processo, sou muito grato. Essa homenagem é merecida”, disse, emocionado, Kácio  Mendes. 

“É um momento gratificante para que seja dado o reconhecimento, não só pelo profissionalismo, mas sim pela pessoa que é a senhora.” adfirmou Lailson da Aroeira. 

“Parabéns pela história dela, é uma mãe, é uma guerreira e muito amada pela sua família”, ressaltou Isael Aguilar. 

Vida dedicada à educação 

Benedicta Duarte Menegussi, filha de João Duarte e Ana Barbosa Duarte nasceu em 28 de junho de 1944, no município São Mateus-ES.
Começou a trabalhar muito cedo, ajudando o pai no mercado situado no bairro Porto.  

Cursou o primário no “Grupo Escolar Amâncio Pereira”, e concluiu o curso colegial,  ensino médio de hoje, na  Escola Estadual Ceciliano Abel de Almeida,  

Tornou-se professora primária, atuando nas comunidades de São Jorge de Itauninhas e Água Limpa, se destacando por sua responsabilidade e compromisso. 

Lecionou no “Amâncio Pereira”, até assumir a Direção do “Américo Silvares”, no Bairro Vila Nova, onde Intercedeu junto ao governo do estado para a construção do novo prédio da escola. 

Foi diretora da Escola “Dr. Arnóbio Alves de Holanda”, dando assim, continuidade ao que sempre prezou: a qualidade de ensino. 

Dirigiu uma das maiores escolas de São Mateus, a “Professor João Pinto Bandeira”, onde fez um grande trabalho em prol de organizar, resgatar a qualidade do ensino e estabelecer a ordem e a disciplina. Concluiu na época a sua carreira profissional com o título de uma das melhores diretoras de Escola de São Mateus.  

Sempre participou de eventos beneficentes, ajudando os mais necessitados e angariando fundos de ajuda às Escolas.