de 2017. Transmissão ao vivo!

PÁGINA INICIAL

A CÂMARA

SECRETARIAS

COMISSÕES

OUVIDORIA

Busca

 

 

Notícias


 

27/09/2017

VEREADORA DEFENDE CRIAÇÃO DE REDE DE PROTEÇÃO À MULHER

Os dados nacionais de violência contra mulher assustam e apontam o Espírito Santo como o segundo estado com o maior índice de violência contra mulher. Na região Norte, os municípios de Jaguaré, Pinheiros e Sooretama estão no topo na lista.

As informações foram apresentadas pela vereadora Jaciara Teixeira (PT), em Sessão Ordinária do dia 26 de setembro, ao discursar sobre uma reunião promovida pelo Ministério Público Estadual, por intermédio do Núcleo de Enfrentamento da Violência Doméstica contra a Mulher (Nevid). “É preciso que todos os órgãos e entidades ligados a proteção da mulher estejam em sintonia e organizados”, disse a vereadora sugerindo a criação de uma rede de proteção à mulher. Ainda de acordo com Jaciara, é preciso que o Conselho da Mulher, sem atividades há oito anos, seja reativado.

O presidente da Casa, vereador Carlos Alberto Gomes Alves (PSB) lembrou o caso da médica assassinada recentemente a mando do ex-marido. “O Estado se empenhou para solucionar o crime. Mas e se fosse uma dona de casa, a reação das autoridades competentes seria a mesma”, argumentou Carlos Alberto defendendo que todos os casos de violência contra mulher sejam investigados com o rigor necessário.

Na mesma Sessão, a Câmara aprovou a Indicação nº703/2017, de autoria da vereadora Jaciara, que sugere ao Poder Executivo, adesão ao programa “Homem que é Homem”, da Polícia Civil do Espírito Santo.

“A ideia é reduzir o índice de reincidência de violência contra mulher através da reflexão e a responsabilização de homens autores de violência doméstica. Eles deverão ser convocados a participar de um clico de palestras com temas voltados para a desconstrução de ideias sexistas e machistas, a fim de estimular formas pacíficas de lidar com os conflitos”, destaca a vereadora na justificativa da Indicação.

 

Dados de São Mateus

Segundo um relatório quantitativo do Distrito Policial de Atendimento a Mulher, de janeiro a junho deste ano, 99 casos de ameaça foram registrados na Delegacia da Mulher, 12 de estupro, 55 de lesão corporal. Dois homicídios ocorridos em março acrescentam a lista.

 

 

*Fotos: Rosivaldo Batista (SECOM/CMSM)

 

 

Secretaria de Comunicação / CMSM

(27)3313-9057

Outras Notícias

   

 

Endereço:

Rua Dom José Dalvit, 100 - Blocos 11 e 12 Santo Antônio

São Mateus/ES - Cep: 29941-900

Expediente:

De segunda a sexta, das 8h às 18h Sessões: Terças a partir das 18h

(27) 3313-9080 // FAX: 3313-9055

© Copyright 2009/2017 - Todos os direitos reservados.

Conforme a lei nº 9.610/1998 Fica proibida a reprodução total ou parcial de dados e fotos deste portal